shutterstock_448523395

Como a gestão de tempo impacta o resultado dos clientes?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A organização em uma agência de publicidade é até hoje um ponto polêmico. Afinal, como lidamos com a criatividade e organização? Para o cliente é só um trabalho que tem de ser entregue dentro do prazo e com a máxima qualidade. Então como podemos entregar isso e ainda ter uma equipe comprometida e organizada que respeite o prazo e não encareça o projeto, assim mantendo um preço justo para o cliente?

Bem, essa equação não tem uma resposta definida. Cada agência tem um método e uma forma de trabalhar e se alguém disser que tem a resposta precisa, para isso, provavelmente vai estar equivocado. O que acreditamos é que a organização e cultura da agência são partes essenciais para que esse processo funcione.

Para isso, uma figura que uma época se tornou obsoleta em muitas agências, mas que, aos poucos, vem fazendo a diferença nessa organização é o tráfego, que pode evoluir para um gestor de projetos ou uma pessoa de operações.

Dentro de uma agência, existem diversos perfis e acho que é um dos ambientes mais heterogêneos para profissionais, pois você tem desde artistas que estão na criação até profissionais de exatas dentro dos departamentos de mídias e dados. Tem pessoas com ótima comunicação no departamento de atendimento e profissionais antenados com as maiores tendências na área de social. Imagine então fazer todo mundo trabalhar junto, seguir processos e gerar valor e resultado para a agência.

Como disse no início do texto, não existe uma fórmula que resolva essa equação, porém existem técnicas que podem ajudar. A primeira e essencial é ter um profissional que esteja preparado para cuidar desse processo e garantir que as coisas aconteçam no tempo certo, que perceba ruídos, antes que eles virem problemas.

Uma forma eficiente de resolver isso é sempre evoluir, nunca se limitar a um método tradicional. É preciso sempre estar disposto a investir em uma nova forma de lidar com problemas, de buscar soluções não tão comuns. Nesse sentido, talvez a metodologia SCRUM possa resolver aquele projeto ou um cronograma com divisão de responsabilidade e prazos possa ajudar o cliente a entender a importância do processo e trabalhar a favor da agência, para o alcance de um resultado mais eficiente.

Como profissional que trabalha há mais de 10 anos na área, eu sempre apostei nos dados. Afinal, para entender um problema e compreender o que podemos fazer para resolvê-lo, ou para limitar etapas, o ideal é entender tudo que está acontecendo e, para isso, sempre buscamos acompanhar as solicitações dos clientes, quantas e que tipo de alterações vêm sendo pedidas. Saber se realmente aquela equipe é a ideal para determinada tarefa e, assim, ir munindo de dados os gestores de cada área, ajudando eles a gerenciar melhor a equipe, diminuir etapas e processos que podem estar deixando mais caro o custo para o cliente.

Ao longo dos anos, aprendi na área que cada cliente pode ter uma solução diferente, que temos processos que não podem ser modificados, mas que alguns devem e podem ser adaptados para cada realidade. Porém é necessário ter sempre uma figura acompanhando as entregas e entendendo como podemos melhorar os processos, sempre dividindo com a equipe essa responsabilidade e sendo um perpetuador da cultura da agência.

Na Atua, procuramos sempre evoluir e nos aproximar do que o cliente busca, para deixar o mais claro possível a nossa operação e criar uma fórmula única que consiga gerar valor para o cliente e, ao mesmo tempo, que faça sentindo para a cultura e os processos da agência.

Tem
Talento?

Mostra
pra gente!

Vamos

Trocar
ideia?